Este jornalista gaúcho é maltratado pelo governo de Novo Hamburgo

O jornalista Martin Behrend, do portal Martin Behrend, Novo Hamburgo, protestou da tribuna da Câmara de Vereadores, semana passada, contra o modo como é tratado por parte do governo do prefeito Luís Lauermann. Ele há dois anos vem sendo impedido sistematicamente de acessar informações da prefeitura. “Já fecharam portas na minha cara”, disse ele aos vereadores. Ele reclamou:

O que me chateia é o silêncio da sociedade e desta Casa. Se eu fosse um jornalista negro, vários vereadores protestariam, mas é que eu sou branco e neste caso a discriminação absurda é relevada.

Nos últimos dois anos, Behrend focou forte no tema da liberdade de imprensa:

Quanto mais livre a imprensa, maior é o desenvolvimento econômico e social. Falta de liberdade de imprensa, equivale a miséria e pobreza. Ela está diretamente ligada ao desenvolvimento do País, do Estado e da cidade.

 

O jornalista avisou aos vereadores que os governantes não gostam disso.

Ele apresentou a lista dos 180 Países com maior liberdade de imprensa e constatou que o Brasil está em 90º lugar, atrás até do Haiti e Bolívia.

O Brasil é o sexto País que mais mata jornalistas no mundo. Na frente de Países como Líbia e Honduras. Somos mais perigosos do que Países em guerra, segundo a Abert.

O problema enfrentado por Behrend já foi e é enfrentado por mim.

Em benefício do leitor e para manter meu serviço em dia, frequentemente sou obrigado a usar a Lei de Acesso à Informação. Mesmo num governo que ajudei a eleger, o de Ivo Sartori, nas últimas semanas tenho protocolado um pedido por dia no Portal Transparência, tudo porque não consigo as informações que necessito passar para os leitores.

É um dos modos de reagir.

Também tenho usado vias judiciais.

O problema da lei de Acesso a Informação é de que ela estipula prazos longos para respostas (20 dias e + 10) e o problema do Judiciário é a sua conhecida lentidão.

Melhor seria que nossos governantes adotassem posições mais democráticas em relação aos jornalistas.

Related Posts

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: