Um Instante Maestro!

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Há muitos anos havia um programa de TV com o célebre Flávio Cavalcanti. Tinha o nome de Um Instante Maestro. Douglas me lembrou ele ontem.

Se não foi um grande jogo técnico foi grande e forte em emoções. Estar vencendo por 2×0 deixar empatar e ter forças para buscar a vitória no fim é para os fortes.

Mas convenhamos, não dá para estar vencendo de 2 e deixar empatar. O Grêmio que começou o Brasileiro com uma defesa difícil de matar tem se comportado nos últimos jogos com uma defesa difícil de viver – difícil de não levar. Pior, já tivemos falhas de todos, zaga, goleiro e no jogo contra o peixe visivelmente falha dos volantes, porque chutes daquela distância e com os chutadores completamente à vontade, livres e felizes para arriscar o tiro – sempre perigoso por quem chuta bem naquela faixa do campo – parece claro que faltou marcação ali. Eventualmente uma falha da zaga é aceitável. Eventualmente uma falha do goleiro é aceitável, eventualmente uma falha da volância é aceitável, mas todos os jogos com falhas de uns e outros ai é falta de treino ou treino mal executado ou orientação mal desenhada ou pior, atletas que não cumprem função e ou disciplina imposta – e qualquer uma destas, não é razoável aceitar.

Algo há. Time que sonha com a ponta não pode ter pecados deste tipo.

Agora vem uma espécie de roleta russa, Gre-nal é jogo que qualquer resultado é possível, não que quem se prepare bem não ganhe, mas é um clássico e neles tudo pode acontecer, mesmo estando bem preparados.

Receio que levaremos gol, logo temos que marcar gol. Não será novidade se levarmos gols, então teremos que marcar gols.

O Estádio num jogo deste antecipa sempre leve favoritismo, com o que estou reconhecendo que o inter tem esta vantagem e penso que ambos fazem campanha equilibrada ainda que o sonho do Zanini fosse que hoje o Grêmio estivesse no Z4 e o inter liderando com a cuidadosa escolha do Brio para o primeiro enfrentamento entre ambos. A fórmula lhe saiu tal qual a cara até aqui: quadrada! Difícil, de evacuar.

Que Roger, time e direção estejam iluminados ! Que o Maestro repita. Amém !

Saudações Tricolores.

Posts Relacionados

1 Comment

  1. Um Trator com nome de Mastro - Rede de Opinião Rede de Opinião
    3 de julho de 2016 at 16:15 Reply

    […] Um Instante Maestro! […]

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: