Espaços temporários prontos para utilização quando você quiser.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Com alegria inauguro a minha coluna no portal Rede Opinião. E você é muito bem-vindo.

Volta e meia nos encontraremos por aqui. Este será um lugar para falarmos sobre o surgimento de novos conceitos de espaços de trabalho, compartilhamento de recursos, novas tecnologias e troca de ideias sobre a já consolidada era do compartilhamento, assim como a sua proliferação em Porto Alegre e em todo o Brasil.

Embora o conceito se estenda por diversas áreas, tais como transporte, moradia e alimentação, vamos focar em espaços de trabalho e no mix de facilidades que os acompanham. Do surgimento do escritório virtual ao coworking, na empresa que trabalho acompanho e respiro este cenário há mais de 10 anos. Dentre os cenários existentes, vejo o home office sair da sua casa para virar coworker, ou para ter o seu primeiro escritório. Vejo-o alugar um espaço maior ou voltar a ser home office. Da mesma forma, recebo a demanda, planejo e assisto 120 pessoas ocuparem um espaço de trabalho do início da manhã para a tarde. E, quando tudo está funcionando plenamente, estas pessoas migram para outro lugar ou retornam para o espaço de trabalho de onde vieram. É um movimento muito impressionante.

É disso que estamos falando: espaços temporários prontos para utilização, de forma imediata, quando você quiser e pelo tempo que você precisar.  De forma global, como diz um amigo: “É o fim da propriedade”.

Pasmen! Você não precisa ser dono de um carro para andar em um (e nem dirigi-lo), tão pouco precisa ter uma casa em seu nome para viajar  para onde quiser. Para isto estão aí Uber, Fleety e Airbnb. A experiência é fantástica e você ainda corre o risco de sair muito bem atendido.

No que diz respeito a espaços de trabalho inteligentes, minha especialidade, as vantagens de usufruir de forma temporária de uma estrutura pronta para utilização são inúmeras e oferecem custos muito atraentes. Sem falar que o combo de facilidades e contingências que cercam o serviço acabam cativando os usuários.

Na próxima semana, traremos alguns modelos de utilização, dicas e links que podem ser feitos entre a necessidade de um espaço de trabalho e os serviços agregados que um escritório inteligente (dentre eles o coworking) pode oferecer.

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: