A arena tem alma e ruge. Não tem gladiador, mas tem maestro.

O Grêmio se tornou o melhor mandante do campeonato, com 87,50% de aproveitamento.

Seguem atrás Santos, 85,71% na Vila, Atlético PR, 83,33%, Palmeiras, 81,48% e Corinthians 77,78%.

A média de pagantes é de 18.535 com 31% da ocupação, renda de R$ 15.249.709.

A ARENA tem alma, e ruge.

Contra o SP e com Negueba o melhor em campo – já havia dado o passe para o gol de Giuliano contra a Chapecoense – o Grêmio foi muito superior com 25 conclusões em gol e com o Maestro metendo uma bucha muito semelhante a do Grenal o que demonstra que aquele gol não foi por acaso.

Mas convenhamos, a defesa finalmente não levou gol, mas um chute nas redes em 25 conclusões….

Bem, na última coluna sugeri que Roger treinasse bem a defesa, pelo visto treinou, mas se esqueceu do ataque. Uma bola na rede em tantas conclusões leva a crer que o ataque pecou na finalização. Tem de haver equilíbrio para se ser campeão, não tomar e fazer mais.

Mas foi um bom jogo, um grande resultado, e o Maestro, de novo, deu o tom. Mais que Jobim, deu o tom do gol. A nota foi mais que musical.

Num domingo que deu Guarany com copa, com o amigo Tato Moreira levantando taça junto a toda sua brilhante diretoria, atletas e comissão técnica, o pôr do sol não poderia aqui, no lago, cair mais bonito do que caiu: lindo e sereno.

Até aqui, a carreira está sendo cumprida. Tem que ganhar do América. Está na hora de perseguir mais do que a vaga na LA.

Saudações Tricolores.

banner-820x130-A

Related Posts

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: