Balança mas não cai…Atualização…Falcão Caiu

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp
A beira do abismo, o Internacional tem que focar, sair da posição que se encontra. Depois focar na Copa Sulamericana, a seguir na Libertadores. Não existe como pensar no título e deixar isso para 2017.
Se Falcão, com seu coloradismo não conseguir tirar o time dessa condição, ninguém conseguirá.
O Inter tem que mudar radicalmente e precisa de amor dos seus principais dirigentes, nunca fazer do clube um balcão de negócios.
O Clube ao final do ano vai mudar seu corpo diretivo, mas as pressões vão continuar.
Muitas máscaras caíram. Muitos lembraram do bi da Libertadores, do Mundial, mas foram os mesmos que arrastaram a bunda diante do Mazembe.
Hoje, Fernando Carvalho é um Deus no clube, mas alega tudo para não voltar. Por isso Falcão merece respeito. Porque DEUS, não quer sair do seu comodismo e nem quer que lembrem o Mazembe. Mas, ele estava lá!
Faltam 19 jogos, quase 60 pontos e muito tem a disputar.
CALMA!
IDOLOFAGIA MANIFESTA
A dupla GRE-NAL  tem uma voracidade por ídolos de treinadores. No Inter já “comeram”Carpeggiani, Figueiroa, Mario Sergio, Claudio Duarte, Gainete e Argel. Falcão, pela terceira vez, tenta.
IDOLOFAGIA GREMISTA
No Grêmio “comeram”De Leon, Renato Portaluppi, Espinosa e recentemente outro ídolo Felipão. Agora na fila Roger.
O caldeirão da dupla está aquecendo a espera dele.
FOLGA PARA AJUSTES
Não vai ser fácil, criar e fazer gols são situações diversas e o Grêmio parece não acreditar nisso. Como comprar e pagar, para uns vigaristas.
FOLGA MERECIDA
O BRASIL de Pelotas está até dia 19 de folga na Serie B, onde enfiou duas vitorias seguidas e fareja o G4, mas não se ilude e isso é bom. Primeiro ficar entre os 15 depois…
E OS OLÍMPICOS?
As mulheres enchem os olhos com a bola e a beleza. Os homens além de feios não jogam nada. Coletivo? Nem pensar! Técnico?Desconhecido sumiu!
ATUALIZAÇÃO
Após 26 dias FALCÃO  cai do comando técnico do Inter.
BALANÇOU E CAIU…!
O mais cotado é CELSO ROTH , o eterno tampão da dupla GRE-NAL.
O técnico terá que ser um bode expiatório da Diretoria, para que nas derrotas assuma e a Diretoria fica livre. Não esqueçam que este é ano eleitoral no clube e o orçamento é grande.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: