Entenda como a agência Borghi Lowe conquistou a conta publicitária da Caixa Federal

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp
      A Borghi Lowe também conquistou contas publicitárias do Ministério da
Saúde, BNDEs, Caixa e Embratur. Para suas ações, sempre contou com a ajuda
do então influente deputado petista André Vargas, cuja campanha para a vice
da Câmara a agência bancou.
A ponta DCE lança da agência foi Ricardo Hoffmann, até há pouco
diretor da Borghi Lowe no Brasil, responsável pelo escritório de Brasília.
Ele foi preso na Lava Jato, assinou acordo de delação premiada,
delatou e foi solto.
Ao falar aos procuradores do MPF em Curitiba, Ricardo Hoffmann contou
como é que são construídas algumas das licitações mais polpudas de contas
publicitárias dos governos. No caso dele, o exemplo é da Caixa Econômica
Federal:
- Eu tive acesso às propostas dos concorrentes, corrompi um funcionário
graduado da área de comunicação do governo (José Ricardo de Antoni, diretor de
normas da Secom, demitido por Temer depois de denunciado) e ele se reuniu
com a comissão julgadora par "dar dicas do julgamento". Antoni recebeu R$25
mil de "honorários".
Há muito tempo existem desconfianças tremendas a respeito da
distribuição das contas dos governos, mas esta foi a primeira vez que uma
agência contou como é que as coisas funcionam por trás dos panos,
prejudicando a todos, inclusive as demais agências - menos os que levam o
butim.
E o troco ?
No caso da Borghi Lowe, foi propina para as campanhas eleitorais do
PT, 2014.
Quase sempre é isto
Ricardo e o vice-presidente da Borghi Lowe foram chamados por Clauir
Santos, diretor da Caixa, que exigiu dinheiro para a campanha eleitoral do
PT. Clauir disse que cumpria ordens do Planalto. Em 2014, a Borghi Lowe era
uma das quatro agências da Caixa, um butim de R$ 560 milhões por ano.
O MPF acha que havia intimidade criminosa entre a agência e braços do
governo.
Os documentos sobre as licitações fraudadas e o dinheiro sujo
entregue para o PT estão todos com o MPF.

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: