SANGUE NOS OLHOS | Por Carlos Josias

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O time do Botafogo hoje é medíocre. Aliás prova isto a colocação na tabela. Medíocre literalmente, um time nada além de médio. Volta e meia leva uma goleada. Um time de defesa fraca, meio de campo atolado e um ataque de asma. Me perdoem os torcedores da estrela solitária mas há muito que o clube está longe de ter um time como na gloriosa década de 60, penso, até, que nunca mais chegou sequer perto.

Estupendo naqueles tempos, com o azar de coexistir com o Santos de Pelé pois do contrário teria projeção mundial muito maior como os santistas tiveram, o Bota passou a ocupar o coração da boemia carioca e virou um amor lúdico dos amantes do romantismo, próprio da fase também de ouro da cidade quem tem um Cristo de braços abertos e é cartão postal do Brasil. Não há quem lá no fundo não simpatize com o preto e branco e a estrela, em especial da minha geração, mas que, ainda mais considerando os padrões modernos, tem-se distanciado milhas do ponto de referência. Títulos internacionais fica devendo, nenhuma LA nem perto chegou do Mundial. O Bota, o querido Bota, se revezou a vida inteira por meio de torneios do RJ, Taça Rio, Taça Guanabara, Taça Cidade Maravilhosa, Estaduais, Taças de Amizade, Torneio Inicio, um que outro torneio fora do país, um único Campeonato Brasileiro, em 1995, e uma tímida e Conmebol em 1993.

Agregue-se a isto perder uma CB com um Maracanã lotado, falou-se em 100 mil pessoas – só de torcedores dele, praticamente – para o Juventude. Há muito, mas há muito mesmo, que os times que disputam o Brasileiro contabilizam três pontos quando enfrentam o Botafogo – podem até não levar, mas que contabilizam ah, sim, sim. O Grêmio tem muito mais time que aquele Bota que nos empurrou 2 ao natural e porque está muito médio mais não fez e ainda se apertou quando Batista meteu um.

O Grêmio tem muito mais time que o América, que o Santa Cruz e outros. O que há exatamente ? Há um diagnóstico que já ouvi de mais de uma boca de quem entende e inclusive de quem está próximo: – falta sangue nos olhos. Ai me pergunto. Cabe a quem meter sangue nos olhos de um time de futebol ? Elementar: ao treinador.

Saudações Tricolores

banner-820x130-A

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: