POSTURA INACEITÁVEL | Por Carlos Josias

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O que assusta não é só o futebol completamente desorganizado que o time vem praticando nos últimos jogos, repetição “talentosa” de alguns outros durante o ano. Esta desorganização é visível, parece que são distribuídas onze camisas sem qualquer critério e cada um faz o que achar melhor no campo. O time não possui uma jogada ensaiada quer com o jogo em andamento quer de bola parada – esta então nem precisaria ter, esqueçam de apitar falta, não tem resultado útil, e escanteio é melhor não dar, conforme estiver o jogo e o tempo é cera para o adversário.

Mas como disse não é só isto que assusta. O que mais preocupa é que distribuídas as onze camisas os atletas não demonstram nenhuma boa vontade – ainda que em meio à desorganização – de ao menos tentarem algum esforço para não se entregarem. Ontem se viu um Grêmio fácil de ser batido e que, a exemplo de partidas recentes, sofre dois gols como quem cede lateral. Fla, Bota, Atl Mineiro e ontem foram jogos que começaram 2 x 0 para o adversário. Chegar aos quatro é mera questão de persistência, foi assim ontem, foi assim contra o Sport. A gordura se foi, título esqueçam e a vaga periga, aliás faz tempo que venho dizendo que a vaga está no lombo da vaca, indo pro brejo.

Os salários estão em dia, nada que justifique o reconhecimento vergonhoso de entrar desligado ou não focado, chega a ser um insulto declarações do tipo.

O que há? Esta resposta está na ineficiência do treinador que está mal técnica e taticamente e como inspirador de vontade tem sido calamitoso. Ontem, na entrevista, se queixou da ausência do Giuliano. Como assim? Eu posso me queixar aqui da ausência dele, e o fiz oportunamente, ele no microfone é bola nas costas da direção, ainda mais sabendo como ele saiu.

A questão é simples. Os homens do futebol ou resolvem isto, logo, ou fora da vaga vamos também, novamente, ser eliminados da CB. Urge atitude. O que não pode é ficar como está.

Contra o Palmeiras ou o time entra com vontade e recupera o que perdeu ou vai ser difícil segurar a onda. Não, não é desejo que ninguém caia, é, sim, ter um mínimo de racionalidade num meio que tem sim lógica, quem pensa que futebol não possui ela está enganada, possui sim, e ela começa dentro do vestiário. Simples. Pode eventualmente falhar – a lógica – num ou noutro jogo, nunca numa temporada inteira.

Saudações Tricolores

banner-820x130-A

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: