A NOVA ERA DA COMUNICAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DAS MARCAS | Por Paulo Kendzerski

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Até hoje, as empresas eram divididas em três categorias: indústria, comércio e serviços. numa cadeia de negócios muito bem estabelecida, onde cada empresa tinha uma atividade específica. Alguém fabricava, alguém distribuía e alguém vendia. E cada uma delas, tinha uma função específica na comunicação com seus diversos públicos. Raras eram as empresas que se “atreviam” a alterar esse ciclo.

 

Com o surgimento da internet e o crescente uso das plataformas digitais pelos consumidores, as empresas que antes tinham como essência na sua atividade produzir, distribuir e/ou comercializar, passaram a ter a necessidade imposta pelos consumidores, de se comunicar de forma clara, direta e muito, muito rápida, em todas essas plataformas.

 

Se, há 30 anos, uma embalagem de um produto qualquer, tinha um 0800 ou um endereço, para envio de sugestões/reclamações, hoje esta mesma empresa precisa estar presente nas redes sociais, precisa ter um site, precisa aparecer no topo da pesquisa no Google e não só isso. Precisa ter uma presença digital efetiva.

 

Não basta mais estar lá. Precisa ser ativa. Entende-se ativa, aquela empresa que não só posta fotos e “fala” maravilhas do seu produto ou serviço, mas que se comunica de verdade com seu público. E quando digo falar com seu público, quero dizer uma comunicação de duas vias. Não só ouvir, ficar feliz quando alguém curte seu post, mas responder na mesma velocidade que seu interlocutor fala, no mesmo ambiente e com uma linguagem acessível. Ou seja, precisa se colocar no mesmo patamar do seu consumidor, de forma aberta e disponível para ouvir e atender as expectativas desse consumidor.

 

Quem não sabe hoje que o consumidor está conectado 24 horas por dia. Sete dias por semana?

Quais as empresas que você conhece que responde nas redes sociais as 20 ou 21h, por exemplo?

A maioria “funciona” das 9h até as 18h, no máximo, de segunda à sexta-feira. Era assim a 20/30 anos atrás, mas hoje será suficiente para atender a expectativa dos seus consumidores?

 

Todo mundo sabe da importância de se conhecer a fundo, seu público-alvo, mas quantas empresas utilizam ferramentas de Inteligência Digital, para obter essas informações?

 

Todo mundo sabe que se o telefone das empresas toca, no máximo no 3º toque, alguém tem que atender. Mas me responda: Qual o tempo médio que sua empresa responde uma interação nas redes sociais? Em quanto tempo responde um contato via seu site? Quem monitora e interage quando alguém faz uma avaliação no TripAdvisor, Google Meu Negócio, ou outra plataforma?

 

Me diga mais: Qual o setor dessa empresa é responsável em definir como será essa presença digital?

Essa definição parte da direção da empresa, que é quem define a estratégia corporativa do seu negócio, ou ela é delegada às áreas que, normalmente são responsáveis pela execução?

 

E esse é o principal problema na definição do modelo de presença digital dessas empresas.

Todos sabem que o consumidor mudou. Mudou seus hábitos de pesquisa e avaliação de produtos/serviços. Mudou a forma como ele deseja se relacionar com as marcas.

Mudou, enfim, o poder de influenciar o ecossistema onde ele vive, a partir de um alcance, antes inimaginável. Hoje todos tem voz ativa e muitos tem alcance superior até das marcas que ele admira.

 

Essas mudanças provocaram uma ruptura no modelo de negócios das empresas.

 

Sua empresa tem acompanhado essas mudanças?

Seu planejamento estratégico inclui a presença digital como prioridade? Mesmo?

Sua empresa está preparada para a Transformação Digital? Para adaptar-se, evoluir e consolidar-se no mercado, a partir da transformação do comportamento do consumidor?

Os empresários precisam entender que a adequação do seu modelo de negócio à Transformação Digital deve ser prioridade máxima, para quem deseja se manter competitivo no mercado.

 

Para ajudar nesse entendimento criei um exercício simples para avaliar o quanto sua empresa está preparada para a Transformação Digital.

Você gostaria de saber qual o grau de transformação digital da sua empresa?

 

Envie um e-mail para consultor@wbibrasil.com.br, para receber o exercício. Ele é totalmente gratuito. é só informar o site da sua empresa, seu nome/cargo e o e-mail para retorno.

O resultado pode ajudar sua empresa a se transformar digitalmente para alcançar a liderança no seu segmento.

 

Os consumidores estão mudando os mercados. Invista na Transformação Digital do seu negócio, ou ela será abandonada pelos clientes.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: