FINAL DE CACHORROS GRANDES COM MOSQUETEIROS E GALOS | Por Carlos Josias

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O Grêmio jogou ao bom estilo Mosqueteiro, todos por um. Renato foi Alexandre Dumas, Preis, D’Artagnan, e todos os demais jogaram com o espirito de Athos, Porthos e Aramis. Foi jogo de equipe, ao belo estilo de garra, gana, e habilidade Gaúchas.

O Atlético é Galo, mas também tem a gana canina. Não tá morto. Foi só a metade de um jogo de 180 minutos, que isto esteja bem presente em todos, e me pareceu estar.

É um belo e perigoso time este Atlético com Lucas Pratto, um goleador nato e forte, Robinho dotado de capacidade impressionante de drible e objetividade. A final traz estes ingredientes que autorizam a dizer: Grêmio e Atlético mereceram estar nela. Com sobras.

Se me perguntarem direi sempre, tudo pode acontecer. Sim, mas a diferença pode ser feita por tudo que se fez no jogo e por tudo que a torcida tem feito. Esta conjugação pode nos dar o título. E penso que deverá dar.

Inegável, contudo, que a vantagem é muito grande, mas há que se ter paciência e talento para se servir dela. Esta paciência está intimamente ligada à ansiedade da torcida que terá que fazer rugir a Arena que estará lotada. Amém. Saudações Tricolores.

banner-820x130-A

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: