O Jacão sabia das coisas | Por Fernando Albrecht

O Jacão sabia das coisas | Por Fernando Albrecht

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei do deputado Gilmar Sossella (PDT) que possibilita a reutilização de sobras de alimentos de restaurantes para entidades de assistência social, noves fora o fornecimento de restos de alimentos que ficam no prato. Sempre fico com medo desse “obrigatório”, de tudo ter que ser na marra da lei. O que falta é o Sossella dizer quem vai bancar os custos logísticos, incluindo a refrigeração.

O pioneiro do reaproveitamento foi o falecido vereador Jaques “Jacão” Machado, nos anos 1980, com seu sopão do pobre na Zona Norte. Ele teve a mesma ideia, mas em vez de propor uma lei partiu para o exemplo. Percorreu fruteiras, restaurantes e a Ceasa para conseguir apoio. Deu certo, porque o sopão do pobre alimentava centenas de pessoas a custo zero. A ideia foi copiada por algumas entidades e, pelo que sei, por muitos estabelecimentos.

A lembrança do meu bom amigo fez lembrar uma coisa que falta para nossos políticos. Faltam mais Jacões para matar a cobra e mostrar o pau.

Related Posts

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: