Um feliz 2018 para o Grêmio e que o Humaitá receba atenção | Por Marcos Vargas

Um feliz 2018 para o Grêmio e que o Humaitá receba atenção | Por Marcos Vargas

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Mais um ano que se encerra e fico com a certeza de que definitivamente entramos num ciclo de vitórias. Os fundamentos administrativos reforçam este sentimento.

Fechamos 2017 com EBITDA recorde de BRL 80 Milhões, incremento de receitas com venda de produtos licenciados, nosso quadro social bate recorde a cada dia e garante fluxo de caixa para o clube. Por outro lado vemos redução de despesas, custo e diminuímos nosso passivo. Só o custo com juros de financiamentos daria para contratar vários bons reforços. A hora que equalizarmos isto, é grana que vai para o futebol.

Vamos entrar com a mesma base jogando junto há 4 anos. Renato fica por mais um ano. Jogadores com contratos renovados e alongados. Cícero deve ficar. Várias jóias da base começarão a aparecer. E 3 a 4 reforços dentro da política de contratações que nos trouxe até aqui deverão chegar.

Não tem como garantir taças, mas posso apostar que o Grêmio disputará para ganhar todos os títulos no seu caminho ano que vem. E daí com certeza aumentam as chances de mais taças no armário. Já vamos com duas de magnitude em dois anos e dá pra mais. Que venha 2018.

Este sucesso do Grêmio serviu para atrair atenção para o Humaitá, historicamente relegado pelas administrações públicas. A Arena do Grêmio, além de magnífica, se presta a um papel social que pouco vejo falar: levar para um bairro esquecido foco e atenção com um empreendimento que revigorará a região como um todo. Que os órgãos oficiais, governos, MP, tenham a sensibilidade de olhar para o bairro. O descaso dói na alma de quem frequenta e convive com os moradores. Feliz e próspero 2018. Saudações tricolores

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: