Vitória no Gauchão | Por Marcos Vargas

Vitória no Gauchão | Por Marcos Vargas

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Um jogo que, se antes do apito era de risco e causava apreensão pela posição na tabela, desmanchou qualquer nervosismo aos 20 segundos do primeiro tempo num belo gol de Thonny Anderson com assistência do Jael. O gol mais rápido da Arena até aqui numa bela troca de passes.

Thonny Anderson ainda iniciou a jogada do segundo gol, e com uma nova assistência de Jael, Michel marcou aos 34 do primeiro tempo. Jael ainda marcaria o seu, aleluia, de pênalti aos 43 min. do segundo tempo. Um jogo sem sobressaltos, de domínio do Grêmio e que fez valer a maior qualidade técnica. Jael, se não é um primor técnico, se entrega muito em campo e com isto conquista a simpatia da torcida que ontem gritava seu nome na hora do pênalti. Reconhecimento do esforço de um atleta que tem se mostrado útil em campo. Se não tem o tamanho do 9 que o Grêmio precisa, pelo menos dedicação e entrega não lhe faltam. Terminou o jogo com duas assistências e um gol. Ele e Thonny Anderson foram os destaques do jogo na minha opinião. Thonny aliás, vem mostrando um futebol com recursos técnicos e desempenho que comprovam o que se falava dele na base do Cruzeiro. Veio junto com Alisson (que veio em definitivo e lembro o calor que nos deu naquele jogo da semi da CB lá em BH) na negociação por Edilson. Ficamos com 30% e direito de compra de mais 20% do passe por 500 mil reais, além dos direitos federativos. Baita negócio olhando o futuro. Este jogador será muito útil e valorizará. À época da negociação, setoristas de BH ficaram incrédulos sobre como o cruzeiro estava liberando para o Grêmio a joia mais promissora surgida na base em muito tempo. E ambos já foram campeões com o Grêmio apesar do curto prazo aqui. Se antes a corneta era “saia do Grêmio e ganhe um título”, agora virou “venha para o Grêmio e ganhe vários”.

Basta o Grêmio fazer sua parte e classificamos, como bem falou o Renato, que seguiu o planejado: Entrou com time misto focando no jogo desta terça no Uruguai, estreia na Libertadores. O grupo já mostra mais desenvoltura e pouco a pouco o futebol que encantou pelos últimos dois anos reaparecerá. E classificando no Gauchão, segurem o Grêmio, vamos por mais este título, com folga na tabela pela Libertadores.

 

Saudações tricolores

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: