Procura-se um amigo | Por Fernando Albrecht

Procura-se um amigo | Por Fernando Albrecht

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Impressiona o número de pessoas que elogiam o Hospital São Francisco da Santa Casa de Porto Alegre. Não só ele como o complexo todo. Há uma brutal diferença entre os hospitais de antigamente e os de hoje, e não é só a tecnologia. Os funcionários transmitem, além da eficiência, algo que não se ouve falar muito nos dias que correm, o calor humano para com os pacientes.

 Lembro de como era diferente em décadas passadas. Quando ia visitar meus pais ou amigos no hospital eu rezava para que o atendimento fosse mais caloroso, essa coisa de calor humano a que me refiro. Na época se dizia que a equipe de médicos e enfermeiras não tinha muito tempo para confraternizações. Havia uma frieza profissional, e não necessariamente por má vontade. Era assim.

 Os tempos mudaram e hoje todas as organizações incluindo hospitais sabem o valor que tem um sorriso e uma legítima preocupação para saber do paciente se tudo estava ok. Nisso o mundo da saúde melhorou enormemente, pelo menos por estas plagas, não sei como é lá fora.

 É aquela coisa que sempre me vem à cabeça: existe ser mais frágil que uma pessoa doente? E existe pessoa mais carente que um paciente sem receber um abraço sincero do corpo clínico?

 Pelo menos nisso melhoramos muito.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: