BOLANOS E OS BUFÕES | Por Carlos Josias

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O Grêmio enfrentou, no domingo, um América já rebaixado e desinteressado, isto é verdade, mas nem por isto invalida o resultado com autoridade feito por uma gurizada que mostrou bom futebol e jogou tal qual o time principal, o que significa que Renato impôs um padrão de jogo que desimporta quem jogue, o ritmo é o mesmo, ponto para o treinador que alguns dizem não ser.

Bolanos chegou sob grande expectativa e logo em seguida sofreu violenta lesão que o afastou do time durante longo período, interrompendo sua adaptação num país estranho e de língua, para ele, também estranha. Muito tempo hospitalizado, ele trocou o pneu com o carro andando. Não podia retornar ´tinindo` e, claro, como atraía para si as melhores esperanças passou a ser olhado com desconfiança diante de diversas apresentações não mais do que razoáveis e sob forte e injusta exigência. Houve pouca compreensão com ele, quer da torcida, exigente, quer de parte de uma mídia que chegou até a duvidar do real dano sofrido. A grenalização idiota lhe impôs até a desconfiança de simulação que lhe foi atirada por um Presidente Bufão, do rival, apelido que lhe deu um próprio ex dirigente do clube que comanda, e, por incrível que pareça, de um outro que se diz analista de futebol e que não é menos Bufão que o primeiro e que se metendo de pato a médico chegou a insinuar fragilidade de sua estrutura óssea – só aqui para acontecer uma barbaridade desta.

Convocado para a seleção de sua pátria Bolanos, ainda um menino, que se diga isto, andou bem, fez gol, e voltou com confiança. Seguro, foi a principal figura em campo contra o América, marcou o seu e saiu aplaudido.

Inegável, Renato ganhou um reforço e ou uma grande alternativa contra o Galo no jogo que mira o tão sonhado título depois de tantos anos.

Os Bufões choram. O Bufão Presidente que quebrou o Beira Rio literalmente, abrindo um buraco na arquibancada, quebrou financeiramente o clube e está prestes a mandar o time para o inferno e mesmo que não vá sai amaldiçoado. Que engula sua própria impertinência. O Bufão analista, bem, este seguirá dizendo besteira, é sua especialidade.

A língua fala, quem paga fica no meio. Saudações Tricolores!

banner-820x130-A

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: