Elogios Para Brenner | Por Kenny Braga

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Quando um time de futebol vence jogos e conquista títulos,o mérito,evidentemente,é do grupo,bem orientado pelo treinador.Não é apenas de um jogador,mesmo quando atingiu um nível técnico incomparável,como Pelé e Garrincha, de inesquecíveis façanhas.

Mas a memória do torcedor sempre registra,com maior nitidez,os nomes de goleadores que decidiram jogos,principalmente em finais de competições.Nenhum colorado esquece que Gabiru foi o autor do gol contra o Barcelona, decidindo em favor do Internacional o titulo do mundial de clubes na final de 2.006..Embora lembre também de outros jogadores daquele momento mágico,como Fernandão,o grande líder e Iarley,autor da jogada que propiciou o gol de Gabiru,,o nome que decidiu o grande confronto de Yokohama,ainda é destacado merecidamente.Gabiru fez o que se espera de um centroavante:o gol,no caso de repercussão  planetária.Outros centroavantes do Internacional em tempos mais próximos,como Flávio Minuano,Dadá Maravilha,Christian e Leandro Damião,também ocupam um lugar especial na memória dos torcedores.

Cada um a seu tempo colaborou decisivamente para o Inter vencer jogos e conquistar títulos.As histórias dos grandes centroavantes colorados,mais do que jogadores de  outras posições,renderiam um livro de dezenas de páginas.Numa projeção resultante do meu entusiasmo momentâneo,que pode mais tarde ser inalterado ou não,vejo incluído entre esses jogadores o nome do jovem Brenner,artilheiro colorado da temporada de 2.017.

Talvez haja quem me recomende um pouco de calma,até para não colocar sobre os ombros do Brenner uma grande responsabilidade.Prefiro,porém,pecar por exagero de admiração do que ser incapaz de identificar em um jogador qualidades que merecem elogios.Vinculado ao Internacional desde 2.016,depois de haver se destacado no Juventude,onde teve o melhor da sua formação,Brenner quase não foi aproveitado no Beira-Rio em razão de uma lesão no adutor direito que o prejudicou momentaneamente.

Mas com a contratação pelo Internacional do técnico Antonio Carlos Zago,que já conhecia muito bem o futebol de Brenner mostrado no Juventude,o jogador se transformou em poucos dias numa referência do futebol brasileiro.A sua média de gols é melhor na comparação com jogadores de sua posição em outros grandes clubes do país.Jovem,com muita vontade de brilhar mais,Brenner vai longe.E que eu possa,no final da atual temporada,com o time do Inter devolvido à Série A do Brasileiro,elencar outros adjetivos elogiosos em torno do nome de Brenner.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: