DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: RISCOS e OPORTUNIDADES | Por Sergio Trindade

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Uma nova ONG – “Arctic Circle” (www.arcticcircle.org) – liderado pelo presidente da Islândia, Ólafur Ragnar Grimsson, e por Alice Rogoff, editor da publicação “Alaska expedição” (www.alaskadispatch.com), decolou em Reykjavík, com uma conferência – chamado de Assembléia – que atraiu 1.200 participantes de todo o mundo. O objetivo foi promover o diálogo entre os “stakeholders” do Ártico: governos; populações nativas organizados; empresas; meios de comunicação; ONGs; universidades e indivíduos.

Do ponto de vista formal, os 8 países do Ártico – Canadá, Dinamarca (Gronelândia e Ilhas Faroé), Finlândia, Islândia, Noruega, Rússia e Suécia e Estados Unidos (Alasca) – são membros permanentes do Conselho do Árctico, estabelecido em 1996. os seguintes países são observadores ao Conselho: China, França, Alemanha, Holanda, Índia, Itália, Japão, Coréia, Polônia, Cingapura, Espanha e Reino Unido. Entre os BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China), o Brasil é o único país que não participa no Conselho.

O “Arctic Circle” quer fornecer para o diálogo aberto que iria desenvolver sugestões de políticas e iniciativas concretas na área do Ártico, envolvendo os países membros do Conselho do Árctico e outros “stakeholders” interessados.

Ethanol Summit 2011

O link abaixo mostra uma gravação de vídeo da ocasião 2011:

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: