A SANTÍSSIMA TRINDADE DA VITÓRIA | Por Ricardo Soletti

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Ganhamos mais uma vez. E nos aproximamos cada vez mais da saída desse buraco onde Piffero e sua turma nos meteram. E ontem, especificamente, ganhamos por três motivos.

 

D‘Alessandro

Não joga futebol. Brinca. Dentro de campo, dá aulas gratuitas de desarme, armação, lançamento, cruzamento e de vergonha na cara. Ontem, mais uma vez, foi peça fundamental para o time e para aquele primeiro gol. Deu um corte seco no marcador, que foi parar lá no Barra Shopping e cruzou com a direita na cabeça do Edenilson. No segundo, lançou o Pottker que só não fez gol porque sofreu uma tentativa de homicídio do goleirinho, que nem expulso foi.

Enfim, meus amigos. Sou contra uma renovação por mais dois anos com D‘Alessandro. A renovação deve ser vitalícia. Ninguém joga mais do que ele em toda a região sul do país. É fato.

 

Nico López

Às vezes, é desligado. Por outras, atrapalhado. É o popular “estrambolhão”: aquele que abaixa a cabeça, mete uma quinta marcha e sai jogando, como se estivesse na calçada da frente de casa, tentando colocar a bola no gol imaginário entre a árvore e o portão da vizinha. Pois só um cara assim, com este jeito, não acharia impossível passar pelo meio de uns três defensores do América. Foi o que Nico fez ontem. Ninguém disse pra ele que não dava – mesmo porque ele não ouviria nada mesmo, e lá foi ele. Com seu ímpeto, sua força e falta de noção, pra fazer um belíssimo gol e nos deixar 9 nove pontos à frente do quinto e três à frente do vice. Claro, contando com o sutil e inteligente toque de cabeça de Camilo. Obrigado por sua fata de noção, Nico!

 

Torcida

Jogo na quarta-feira, às 19h30, numa Porto Alegre cada vez mais engarrafada, contra o América MG, pela segundona. Qualquer torcida que se preze colocaria uns 15 mil no estádio. Mas só uma torcida como a nossa, de verdade, imensa e fiel levaria 36 mil, eu disse 36 mil colorados ao Beira Rio.

Chega de comparações! Chega de mimimi! Nossa torcida está muito à frente da segunda maior torcida do estado. Até porque o Brasil de Pelotas joga num estádio e numa cidade bem menores. Parabéns, torcedor colorado! Você deu um show ontem. Mais uma vez!

 

Na boa e na ruim, Colorado até o fim.

 

Foto: Sport Club Internacional

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: