Novos desafios para atender o exigente mercado consumidor| Por Dilmar Isidoro

Novos desafios para atender o exigente mercado consumidor| Por Dilmar Isidoro

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Os novos métodos de gestão empresarial mudaram o panorama no mercado de trabalho, se comparados às práticas de meio século atrás, onde prevaleciam às doutrinas de Henry Ford – fordismo (produção em massa para grande demanda) e de Frederick Taylor – taylorismo (especialização individual e pontual do trabalho). Estas configurações tiveram sucesso no seu tempo.

Hoje, existem novos métodos para gestão empresarial e gestão de pessoas (sempre com foco voltado para resultados), isso graças às mudanças sociais e de comportamento dos consumidores que têm ofertas diversificadas e atraentes. Agora, os níveis de hierarquia são enxutos, a educação continuada e educação profissional, têm pesos decisivos nas contratações.

As terceirizações e a propensão de flexibilidade das empresas são novos conceitos, ante ao ortodoxo predomínio das regras rígidas do passado, onde os sistemas de trabalho balizavam-se nas teorias Henry Ford e Frederick Taylor, conforme já mencionado. Por outro lado, a nova geração de trabalhadores, está consciente das atuais exigências, qualificações e competências, situação antagônica se comparada há poucas décadas, onde prevaleciam conhecimentos parciais e habilidades pontuais.

Portanto, de um lado as empresas despertam para o valor do investimento na capacitação de seus talentos emergentes, de outro os indivíduos percebem que a demanda por profissionais valoriza, além das expertises, o dinamismo, a criatividade, a flexibilidade, entre outros predicados para atender as necessidades do mercado consumidor, cada vez mais exigente.

As grandes mudanças nos desdobramentos da atividade produtiva e de serviços se devem ao enorme avanço das inovações tecnológicas que despertou novas exigências nos consumidores que agora podem escolher entre muitas ofertas disponíveis, o que há poucas décadas não era possível. Baseado em observações da realidade, se percebe que os efeitos da mudança cultural e da qualificação profissional, têm reflexos na qualidade do trabalho e na qualidade de vida dos indivíduos.

 

Destarte, segundo minha percepção e ante ao cenário atual, no quadro abaixo destaco algumas das percepções que tendem a surgir, entre outras também importantes, e que prevalecerão no período pós-pandemia como efeitos diretos do conhecimento e do aumento da conscientização coletiva:

Dilmar_30.12_texto Novos desafios para atender o exigente mercado consumidor| Por Dilmar Isidoro

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: