Pandemia fez cafeteria de Porto Alegre elaborar novo modelo de negócio

Pandemia fez cafeteria de Porto Alegre elaborar novo modelo de negócio

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Agilidade foi o diferencial das sócias-proprietárias da Coffee & Stuff para seguir no mercado 

 

Duas professoras de língua estrangeira e uma paixão: a culinária norte-americana. Foi assim que surgiu a ideia de criar a cafeteria Coffee & Stuff, de Porto Alegre. Fora das salas de aula, Melissa Marsillac e Lisia Nunes, sócias-proprietárias da empresa, pensaram na ideia de empreender. Ambas chegaram à conclusão de que o mercado de escolas de idiomas estava saturado e viram na cafeteria uma forma de seguirem conectadas com a cultura ianque.

 

Inaugurado em maio de 2019, o negócio, até então localizado no bairro Moinhos de Vento, estava obtendo bons rendimentos. A experiência das professoras e sua rede de contatos fez do estabelecimento um espaço também dedicado à prática da língua inglesa. “Vimos nisso um nicho de mercado. A cafeteria, além da culinária norte-americana, tornou-se um espaço para professores e alunos praticarem o que era ensinado nas aulas”, conta Lisia.

 

A expectativa para 2020 era alta, mas os primeiros meses foram de altos e baixos. “Começamos o mês de janeiro com baixo movimento, mas como sabemos, o ano em Porto Alegre começa somente depois do Carnaval. Em fevereiro o movimento aumentou bastante e foi assim gradativamente até o início de março, onde tínhamos até convite para participar de um evento de café, devido ao sucesso do negócio”, relata Melissa. Chegou a pandemia, em março, e com ela as medidas de distanciamento social para contenção do coronavírus. Situação que fechou grande parte do comércio e fez com que as empresas tivessem de tomar decisões rápidas para manutenção dos negócios. Com a Coffee & Stuff não foi diferente. “Mudamos todo o negócio. Nós já atendíamos através de aplicativos de delivery, mas, como entregamos o espaço físico, essa passou a ser nossa única forma de atendimento”, comenta Lisia.

 

Com a necessidade de remodelar o negócio, as empreendedoras viram que precisariam de ajuda. Foi quando participaram do Projeto de Maturação Comercial, do Sebrae RS, que prepara comercialmente empresas para integrarem a cadeia de alimentos e bebidas, através da adequação do modelo de negócios, além de auxiliar na parte financeira, estratégias comerciais, marketing digital e planejamento estratégico. Dentro dessa remodelagem, as empresárias criaram um braço na empresa onde vendem produtos artesanais que levam a marca Coffee & Stuff. Na C&S Crafts (nome da extensão) confeccionam artigos de decoração, moda e alimentos, como pães, tortas, geléias, entre outros.

 

Embora as professoras tenham agido rapidamente, viram o faturamento da empresa cair 90% em 2020. A boa notícia é que o novo modelo adotado – a partir do serviço de delivery e take away – fez com que, em alguns dias, o faturamento fosse o mesmo de quando atuavam no espaço físico. Além disso, receberam inúmeros feedbacks positivos sobre os produtos e já projetam reabrir no segundo semestre deste ano.

 

Para a Analista de Projetos Pleno do Sebrae RS na Regional Metropolitana, Jociane Ongaratto, o Projeto de Maturação Comercial conseguiu auxiliar a Coffee & Stuff a revisar o formato de atuação da empresa ao fechar o espaço físico e ajudar em tomadas de decisões rápidas. Ela lembra que a assistência de marketing digital do projeto ajudou a trazer novos clientes através das redes sociais e conta parte do trabalho junto às empreendedoras. “Traçamos um planejamento estratégico, focamos melhor a estratégia comercial da empresa. Através disso, conseguimos ver uma evolução”, lembra Jociane.

 

Em 2021, o Projeto de Maturação Comercial do Sebrae RS ganhou um novo nome e agora chama-se Start – Alimentos e Bebidas, com início em março. Inscrições e mais informações no site conhecimento.sebraers.com.br/lp/conexao-alimentos-2021/.

 

Coffee & Stuff:

Facebook: https://www.facebook.com/coffeenstuff/

Instagram: https://www.instagram.com/coffeenstuffpoa/

 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: