Empresa gaúcha produz ração para suínos em fazenda do Paraná

Empresa gaúcha produz ração para suínos em fazenda do Paraná

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Filial do Grupo Recicla beneficia plantel de porcos da Fazenda Petrechen, na cidade de Pitanga, e ainda produz energia com dejetos dos animais

 Uma propriedade sustentável, onde nada se perde, mas se transforma. Esse é o perfil da Fazenda Petrechen, localizada no município de Pitanga, no Paraná, onde está instalada a primeira filial da empresa gaúcha Grupo Recicla, inaugurada no primeiro semestre de 2021 e resultado de R$ 2 milhões em investimentos. Lá, são produzidas 400 toneladas mensais de alimentos para o plantel de suínos de 5.000 cabeças.

Conforme Jonas Bernardes, Diretor do Grupo Recicla, a unidade paranaense reforça o conceito de simbiose ambiental a fim de viabilizar a alimentação animal e gerar um processo ainda mais otimizado e sustentável. Funciona assim: os resíduos alimentares são recebidos pelo Grupo Recicla e passam por um processo de descaracterização para depois serem classificados conforme sua nutrição e encaminhados para mixagem e desenvolvimento da alimentação animal.

“Nossa produção se utiliza de sobra de alimentos processados que seriam descartados pelas indústrias da região. É uma forma ambientalmente adequada e eficiente para a produção da proteína animal que está na mesa do brasileiro”, comenta Jonas Bernardes do Grupo Recicla.

Além do processo de produção de alimentos, a Fazenda Petrechen também se beneficia com o reaproveitamento dos dejetos do plantel de suínos. Produzindo 400 toneladas de excrementos dos porcos, a propriedade se utiliza de um biodigestor para gerar o gás metano e, consequentemente, 90 quilowatts hora de energia, capaz de atender a 100% do consumo energético da fazenda. O que não é aproveitado na geração de energia vira adubo para as terras que produzem 1000 hectares de soja, trigo, milho e feijão.

“É um projeto aplicado na prática e que oferece para a propriedade a segurança de uma alimentação adequada para um plantel com melhoramento e qualidade da carne suína”, diz Luiz Carlos Petrechen da fazenda Petrechen,

O Grupo Recicla, com sede em Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, conta com 115 funcionários e mais de 30 anos de operação nos três estados da Região Sul. Iniciou suas atividades em 1993 através da Roll-On Transportadora mas, em 2005, a partir da necessidade de mercado começou a trabalhar com reciclagem, gerenciamento e destinação de resíduos, com foco no conceito “aterro zero”, surge o Grupo Recicla. Conta com 340 clientes ativos, e registra um crescimento acima dos 80% no volume de resíduos industriais nos últimos doze meses e que iriam parar em aterros.  No primeiro semestre de 2021 foram 11 mil toneladas frente a 6 mil toneladas no mesmo período do ano passado. Do total, 21,6% se referem à papelão e outros 11,7% foram de ferro reaproveitado.

O grupo criou, e está em expansão, a startup Ciclo que compra o resíduo reciclável gerado por qualquer pessoa através da instalação de um container em locais com grande fluxo de consumidores. A startup já opera nos supermercados Max Center, em Alvorada, e Avenida, em Xangri-lá, além do hipermercado BIG em Cachoeirinha e Porto Alegre.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: