Tampinha Legal alcança R$ 2 milhões com ajuda da Polo Films

Tampinha Legal alcança R$ 2 milhões com ajuda da Polo Films

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

A empresa se orgulha de ser uma das mantenedoras do programa que reverteu 890 toneladas de tampinhas em doações para instituições sociais

 

Como uma das empresas mantenedoras do programa Tampinha Legal, a Polo Films tem muito orgulho em compartilhar a recente divulgação do Instituto SustenPlást. A iniciativa alcançou a marca de R$ 2 milhões, o  valor equivale a 890 toneladas de tampinhas plásticas arrecadadas nos 5 anos de programa em mais de 3 mil pontos de coleta distribuídos pelo Brasil nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Goiás, Bahia e no Distrito Federal.

 

Com mais de R$ 2 milhões destinados integralmente para 382 entidades assistenciais, o Tampinha Legal, maior programa socioambiental de caráter educativo em Economia Circular da indústria de transformação do plástico da América Latina, mostra o quanto a população está cada dia mais consciente sobre o destino correto dos resíduos plásticos. A contribuição da Polo Films é destinada ao Lar do Menor, em Montenegro (RS), onde está localizada a indústria.

 

O CEO da Polo Films, Antonio Jou Inchausti, destaca o orgulho que a empresa tem em ser uma das mantenedoras do Tampinha Legal. “Como referência na comercialização de produtos de filmes plásticos, também perseguimos os objetivos sustentáveis da circularidade, uma meta que não se alcança sozinho. O Tampinha Legal é o maior programa de mobilização social e educacional que promove a circularidade dos materiais no País”, declara Jou. Além de mantenedora do Tampinha Legal, a Polo Films é apoiadora da  entidade assistencial Lar do Menor, em Montenegro (RS), proporcionando apoio logístico a fim de que a instituição possa efetuar a entrega das tampas plásticas coletadas.

 

Para Simara Souza, coordenadora do Instituto SustenPlást, responsável pelo Tampinha Legal, os números representam o compromisso da sociedade com o destino correto da matéria-prima, além de apresentar a Economia Circular na prática. “Ao longo destes cinco anos de atuação, vários setores se uniram: órgãos públicos, escolas, comércio, etc. A colaboração é o melhor caminho para encontrarmos, juntos, soluções inovadoras, inteligentes e de baixo custo a fim de aumentarmos a qualidade de vida de todos os envolvidos. Plásticos são 100% recicláveis. Ao desprezarmos qualquer pedacinho de plástico, estamos desperdiçando recursos como matéria-prima, água e energia por exemplo”, afirma Simara.

 

“Artefatos plásticos não têm pernas, não têm asas e não têm nadadeiras. Se foram encontrados em local inadequado é porque seu descarte foi inapropriado”, afirma Alfredo Schmitt, presidente do Instituto SustenPlást, que, de forma lúdica e de fácil compreensão, trata sobre a responsabilidade humana por seus próprios resíduos. E complementa que sustentabilidade deve atender aos três quesitos: econômico, social e ambiental.

 

Com os recursos obtidos com o programa, as entidades assistenciais podem adquirir medicamentos, alimentos, equipamentos, ração animal e/ou materiais escolares, bem como custear tratamentos e exames de saúde humana e animal, melhorias em suas sedes, entre outras ações. O Tampinha Legal atende aos conceitos de ESG, Logística Reversa e ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: