Com estratégia, Grêmio vence a LDU e se classifica

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Com uma estratégia que começou na viagem antecipada, o Grêmio venceu a LDU por 3 a 2, no estádio Casa Blanca, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Libertadores.

A vitória leva o tricolor ao segundo lugar no Grupo 6 com 8 pontos, assume o segundo lugar e enfrenta o Toluca na Arena apenas para definir o confronto das oitavas de final.

Estratégia vitoriosa

Com o organismo um pouco mais ambientado à altitude em virtude da viagem antecipada, o tricolor iniciou a contenda atacando para o lado seco do campo. A estratégia foi aproveitar a equiparação física inicial para largar em vantagem, deixando a posse de bola com os equatorianos e dando a resposta em contragolpes rápidos.

Aos dois minutos, Alemán levantou bola na área e Romero cabeceou para o fundo das redes, mas o bandeira anotou impedimento.

Aos 12 minutos numa troca de bola rápida, Douglas conseguiu encontrar Luan livre na frente da área e correu para receber. Na devolução, limpou a marcação e chutou firme no canto direito de Domínguez para abrir o placar.

A Liga de Quito não conseguir fazer pressão, pois atacava para o lado encharcado do gramado. Aos 25, em novo contra-ataque, mais um gol gremista. Giuliano lançou Bobô na área. O centroavante desviou com muita categoria a bola para o fundo das redes decretando o 2 a 0 e uma confortável vantagem.

A LDU tentava alguma reação na base do abafa, mas esbarou em Grohe, que fez bela defesa em chute de Morales, e em outra atuação monstruosa de Pedro Geromel contribuindo para que o tricolor mantivesse a boa vantagem para a segunda etapa.

O segundo tempo e a ducha fria

A vantagem foi ameaçada já no primeiro minuto da segunda etapa. Quintero recebeu livre na direita, cortou para a área e bateu firme para descontar em 2 a 1. Atacando agora pelo lado seco do campo, a LDU pressionava. Mas aos sete minutos, o mito da imortalidade se materializou mais uma vez. Marcelo Hermes cruzou da esquerda, Domínguez espalmou para a entrada da área. Wallace dominou e chutou no ângulo esquerdo ampliando a vantagem para 3 a 1.

A partir daí, foi pressão total. A blitzkrieg equatoriana esbarrava nos milagres de Marcelo Grohe.

A coruja já estava pelada

Aos 31 minutos Cevallos chutou do meio da rua e Grohe pulou atrasado, deixando o 3 a 2 entrar no canto esquerdo. Roger gastou todas as suas substituições para renovar o ânimo da equipe. Douglas, Bobô e Luan deram lugar a Pedro Rocha, Lincoln e Bressan. Apesar o ímpeto da Liga de Quito persistir até os 45 minutos mais 4 de acréscimos, a coruja já estava pelada. O tricolor traz na bagagem a classificação e a tranquilidade para o último confronto com o Toluca, na Arena, que vai definir o emparceiramento para as oitavas.

Libertadores – Grupo 6

LDU 2

Domínguez; Quinteros (Padilla), Romero, Ayoví e Estupiñan (Cevallos, 17); Benavidez, Vega, Morales, Alemán e Puch (Villalva); Tenório. Técnico: Álvaro Gutiérrez.

Grêmio 3

Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Walace, Edinho, Giuliano, Douglas (Pedro Rocha) e Luan (Bressan); Bobô (Lincoln). Técnico: Roger Machado.

Gols: Douglas (12min/1ºT), Bobô (25min/1ºT) e Walace (7min/2ºT), para o Grêmio; Quinteros (30s/2ºT) e Cevallos (31min/2ºT).

Arbitragem: Roberto Tobar (Fifa/CHI), com Christian Schiemann (CHI) Raul Orellana (Fifa/CHI).

Cartões amarelos: Alemán e Tenório (L); Bobô, Marcelo Grohe e Wallace Oliveira (G).

Local: Casa Blanca (Equador)

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: