Gre-Nal à Vista

Nestes dias que antecedem o próximo Gre-Nal marcado para domingo, três  de julho, gremistas e colorados certamente terão um comportamento mais discreto na expectativa do resultado do clássico.Ao contrário de alguns Gre-Nais,quando um dos times era inequivocamente superior ao outro e,portanto, favorito para vencer,hoje  Grêmio e Internacional apresentam altos e baixos,que podem  influir de forma positiva ou negativa para ambos os lados. É verdade que apesar da derrota para o Botafogo,no Beira-Rio,  quando  o time ficou com 10 jogadores  todo o segundo tempo,em razão da expulsão de Fabinho,o Internacional está em melhor posição na tabela do Brasileiro.Mas  preocupa os colorados o fato de que em nove pontos disputados, incluindo os do jogo de domingo,dia 26,quando perdeu para o Botafogo,que aparecia na zona de rebaixamento,o Internacional ganhou só um.E o Grêmio também decepcionou sua torcida perdendo para o Atlético Paranaense por 2 a 0.Foram duas derrotas em uma semana:para o Vitória da Bahia e o Atlético. Derrotas que deixaram o Grêmio fora do G-4 e o técnico Roger Machado sem explicações convincentes para os torcedores.Mas antes da realização do clássico os dois times voltarão ao campo para disputar jogos difíceis.O Grêmio receberá o Santos,na Arena,em Porto Alegre e o Internacional enfrentará o Flamengo,no Espírito Santo. Com os resultados obtidos nesses jogos,os técnico Roger Machado e Argel Fuchs  terão maior ou menor tranquilidade para a disputa do maior clássico do futebol do Rio Grande do Sul. Gaúchos, ex-jogadores da dupla Gre-Nal, eles conhecem mais do que ninguém a importância de um resultado positivo no clássico. Devem tratar o jogo como se fosse uma decisão,apesar do longo caminho que ainda deverão percorrer até o final do Brasileiro. Depois do que vi  no jogo de Internacional e Botafogo,fiquei preocupado com a possibilidade de que Paulão não dispute o clássico. Nos dois primeiros gols do Botafogo,no começo do primeiro tempo,as falhas da defesa colorada,com Alan Costa e Ernando no meio da zaga,foram gritantes.Também senti a falta de Fernando Bob e Vitinho,mas certamente eles disputarão o Gre-Nal do Beira-Rio.Sem Vitinho,o ataque colorado rende muito menos do que se espera de um time aspirante ao título.E sem Fernando Bob o meio-campo fica muito exposto,com os frequentes avanços de Rodrigo Dourado em direção ao gol adversário.Mas,vamos lá. Temos um Gre-Nal à vista e um recomendação útil para ambos os lados:nenhuma euforia exagerada fora de hora.

Related Posts

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: