PSDB discute expurgo de Aécio da presidência do Partido | Por Polibio Braga

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Ao lado, fragmentos da conversa de Aécio com o delator Joesley Batista.

A proposta do grupo que articula o expurgo do senador Aécio da presidência do PSDB é eleger o senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do Partido, para assumir depois em caráter definitivo. A grande questão agora é “encontrar uma fórmula”, segundo o vice-presidente da sigla, o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman. O ex-governador ressaltou ainda que o partido se equivocou em uma decisão de dezembro, que prorrogou o mandato do senador mineiro por mais um ano. “Foi um erro renovar o mandato da executiva esse ano. É possível antecipar a mudança (para antes de maio de 2018)”, defendeu Goldman.

 

Pelo estatuto do PSDB, a “fórmula” que representa uma saída seria realizar uma convenção partidária com os mesmos delegados que elegeram a atual direção. Assim, segundo o texto, seria possível eleger uma nova executiva para completar o mandato vigente.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: