Dallagnol desautoriza agência que oferecia palestras suas a R$ 40 mil | Por Polibio Braga

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Palestras do chefe da força-tarefa da Lava Jato eram oferecidas por valores entre R$ 30 mil a R$ 40 mil.

Delatado pelo site Brasil 247, que o acusou de oferecer palestras a preços fixos (R$ 30 mil a R$ 40 mil) através da agência Motiveação, SP, o procurador Deltan Dallagnol tirou nota, esta tarde, para avisar que não autorizou ninguém a oferecer seus serviços nesta área.

Dallagnol recebeu críticas ferozes dos inimigos da Lava Jato.

Ele reconheceu que cobra por palestras, mas não quis falar em valores.

 

Temer autoriza ações penal e civil contra Joesley antes de viajar para Moscou

CLIQUE AQUI para examinar as ações.

O presidente Michel Temer finalizou na manhã desta segunda-feira as duas ações contra o dono da JBS, Joesley Batista, e pouco antes de seguir para a Base Aérea, para embarcar para viagem de cinco dias para a Rússia e Noruega, deu entrada nos dois processos na Justiça.

Uma das ações foi por danos morais, onde pedirá indenização financeira, e a segunda, será uma queixa crime, por difamação, calúnia e injúria, crimes contra a honra. Temer decidiu acionar o advogado do PMDB, Renato Oliveira Ramos, para representar contra o empresário. A ação criminal foi impetrada na Justiça Federal e a cível, na Justiça comum.

No feriado, Temer se reuniu também com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, que irá ajudá-lo na defesa da denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deverá apresentar contra o presidente, nos próximos dias.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: