Arte Gaúcha no Grão-Ducado de Luxemburgo

Arte Gaúcha no Grão-Ducado de Luxemburgo

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Milena Juliano participa do Salão Internacional de Arte Contemporânea de Luxemburgo com a obra Cálido, inspirada na gênese da vida

A artista plástica gaúcha Milena Juliano participa neste mês da terceira edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea de Luxemburgo, que acontece entre os dias 18 e 20, com a obra intitulada Cálido.

O convite surgiu a partir da participação da artista na última edição da Artexpo New York Art Fair. Além de levar seus traços para o pequeno país europeu, Milena participa do Luxembourg Art Prize, premiação anual que busca revelar talentos amadores ou profissionais, de todas as idades e nacionalidades.

“É sempre uma alegria apresentar um pouco do mundo que crio em meu atelier em outros países, levando arte com significado, alma e cor. A participação no prêmio também é muito importante, pois abre portas para artistas autodidatas, os quais não necessitam estar atrelados à academia, gerando um espaço extremamente democrático. O espaço privilegia a criatividade, consolidando o conceito de que a arte é arte por excelência, propiciando indagações e discussões acerca da essência humana, sobre a diversidade de pensamentos e ideologias. A pintura genuína nada mais é do que uma forma de expressão artística. A verdade da Alma é a representação máxima da ARTE”, na visão de Milena Juliano.

Sobre a obra Cálido

A pintura é inspirada na gênese da vida, retratando os 4 elementos: Terra, Fogo, Água e Ar.  A mistura de cores e elementos expressa o vulcão, símbolo da criação. Nada é mais mágico do que o elemento rocha em estado líquido. Tudo no mundo é fruto de erupções, algumas emergem do fundo do mar, formando ilhas e continentes. As erupções modificam o planeta, alteram sua geologia. O quadro representa o exato momento em que os elementos se chocam. A partir daí, nasce a existência humana. Há uma dicotomia existencial, a lava vulcânica é, não só a gênese da vida, mas também é o seu veneno. Fica a reflexão.

Sobre Milena Juliano

Autodidata,  Milena ainda criança sonhava com grandes obras. Com o passar do tempo, começou a se dedicar à arte, na qual sua maior inspiração vem das filhas Sofia e Valentina, que reavivam a imaginação da artista. Já teve suas obras em exposição na Luxemburgo Art Week, na Artexpo New York Art Fair e na Menduina Art Gallery. Além de participação na Exposição Coletiva ConfinArt, da Gravura Galeria de Arte.

Posts Relacionados

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: