Venda de pescado em Porto Alegre beneficiará o projeto WimBelemDon

Venda de pescado em Porto Alegre beneficiará o projeto WimBelemDon

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Pela primeira vez, Porto Alegre será sede do Festival Nacional do Tambaqui e o WimBelemDon foi escolhido como a entidade beneficiada pela ação. Com isso, toda a renda da venda de tambaqui em Porto Alegre será revertida para a manutenção das atividades oferecidas diariamente aos jovens atendidos. O festival será realizado em todas as capitais brasileiras beneficiando entidades em cada estado.

Nativo da bacia amazônica, o Tambaqui é um peixe que vem conquistando o paladar do brasileiro. Para consolidar a presença desse pescado no dia a dia da população, um festival nacional será realizado em todas as capitais do país e em outros 30 municípios de Rondônia, que é o estado com a maior produção nacional dessa espécie.
O kit com a chamada banda – cortes especiais – de Tambaqui será vendido junto com uma farofa gourmet produzida pelo Curso de Gastronomia da UniRitter e um tradicional Guaraná Fruki. A compra pode ser feita pelo site loja.wimbelemdon.com.br/tambaqui pelo valor de R$ 25,00. A retirada ocorrerá no dia 19 de setembro, das 11h às 15h (horário agendado na compra) na sede do Iate Clube Guaíba (Avenida Guaíba, 95, Porto Alegre).

A ação em Porto Alegre tem a realização do WimBelemDon e conta com o apoio de: Kieling Multimodal, BarraShoppingSul, Rossi Maffini Milman & Grando Advogados, Iate Clube Guaíba, UniRitter, Comparsa Cabeça de Toro, Physiosul, Fruki, Santa Clara e Orquídea. Com uma carne branca, suculenta e de fácil preparo, o Tambaqui oferece uma proteína saudável. No Festival Nacional, ele será preparado “à moda rondoniense”, assado na brasa com sal e temperos básicos. O evento é uma das atrações da Semana Nacional do Pescado, que busca divulgar e aumentar as vendas durante o mês de setembro.

Rondônia é o terceiro no ranking de estados produtores de peixe de cultivo, com uma produção anual estimada em 65 mil toneladas, segundo dados da Peixe BR, a principal associação do setor. Contudo, quando se leva em consideração apenas espécies nativas do país, o Estado é o líder absoluto com destaque para o Tambaqui.

O pescado de Rondônia é cultivado em tanques escavados em fazendas e em pequenas propriedades, evitando a captura dos peixes nos rios, tornando a cadeia produtiva ambientalmente sustentável, pois também há a preservação das nascentes para abastecer os tanques. Para essa abrangência nacional, o evento conta com diversos parceiros, sendo eles: SEBRAE, Lions Club, Zaltana Pescados, Emater-RO, SEDI, Secretaria Estadual de Agricultura (SEAGRI), Governo de Rondônia, Ministério da Agricultura e ACRIPAR, com o apoio da Agrofish Nova Aurora e da WS Pescados, além dos parceiros em cada um dos municípios que são importantes para a realização do evento.

Sobre o WimBelemDon

O Projeto tem como principal missão promover a TRANSFORMAÇÃO SOCIAL de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no extremo sul de Porto Alegre. Tendo no tênis o seu principal chamariz e fator de retenção dos jovens, a ONG trabalha com o DESENVOLVIMENTO INTEGRAL de seus educandos oferecendo, diariamente, uma série de atividades e oficinas pedagógicas, esportivas, culturais e socioemocionais. Todo o trabalho é desenvolvido com uma equipe multidisciplinar que tem como grande diferencial o olhar humanizado e de respeito aos limites de cada educando, estimulando suas potencialidades e incentivando-os a serem protagonistas de suas próprias histórias, multiplicando bons valores e inspirando a comunidade à sua volta. Para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pela ONG, acesse o site wimbelemdon.com.br ou nos siga nas redes sociais através do @wimbelemdon. Contatos podem ser feitos através do email wimbelemdon@wimbelemdon.com.br ou pelo whatsapp (51) 3242.5637.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: