CEO do Dowing app realiza bate papo com estudantes da Ulbra Torres sobre gestão do tempo

CEO do Dowing app realiza bate papo com estudantes da Ulbra Torres sobre gestão do tempo

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

A CEO e idealizadora do Dowing app, Fernanda Fröhlich, aplicativo voltado ao desenvolvimento de pessoas, individualmente, ou por meio de uma plataforma tecnológica de RH, no caso de empresas, bate um papo online com estudantes da Ulbra Torres, durante a realização da Semana Acadêmica dos cursos de computação da Universidade, sobre o tema “Gestão do tempo: produtivo ou ocupado?”. A palestra ocorrerá nesta quinta-feira, às 18h30min.

Em sua explanação, Fernanda abordará as diferenças entre as formas de ocupar o tempo, além de explicar como fazer para ser mais produtivo e atingir os objetivos com mais facilidade e rapidez, entre outros tópicos. Conforme explica, se manter ocupado nada mais é do que fazer alguma coisa. Nos mantemos ocupados quando fazemos o almoço, por exemplo. O cérebro é programado para fazer coisas no automático, por isso temos a sensação de estar sempre fazendo algo. “O problema do excesso de ocupação é procrastinar aquilo que é verdadeiramente importante, ou seja, tarefas que vão aproximar você do seu objetivo”, observa.

A CEO falará também em quais tarefas é necessário cada um colocar seu esforço. Segundo evidencia, deve-se pôr esforços em ações que estão direcionadas para objetivos que realmente se deseja concretizar. “Para isso, é importante se ter propósitos definidos e ações claras, que sejam executadas, fazendo, assim, com que o indivíduo seja mais produtivo do que ocupado”, ressalta.

Fernanda salienta ainda que ser produtivo não quer dizer somente ter uma agenda cheia de atividades para cumprir no dia, e sim priorizar tarefas que deixam a pessoa mais próxima das finalidades que definiu para ela própria. “Sempre teremos muitas coisas para fazer. Priorizar vai ajudar a direcionar as ações diárias para os seus objetivos”, avalia. Por isso, de acordo com ela, é importante planejar com o olhar produtivo x ocupado, sempre se perguntando se essa atividade o deixa mais perto ou mais longe do objetivo proposto. “É desta forma que se consegue priorizar as tarefas e alcançar as metas com mais rapidez”, diz.

Ao final da conversa, Fernanda indicará aos alunos três técnicas para que cada um gerencie seu tempo e rotina da melhor maneira. A do despertador consiste em programar o despertador a cada 2 horas com a pergunta: ocupado ou produtivo?, auxiliando, assim, na retomada da consciência e tirando, muitas vezes, a pessoa do looping de atividades que as mantêm ocupadas.

Já o método Pomodoro, tem como princípio que o indivíduo liste suas atividades e defina um tempo estimado para concluir cada uma delas. Logo, a ideia é dividir o tempo em blocos de 25 minutos, focando completamente nas atividades dentro deste período. Findado o tempo estipulado, a pessoa faz uma pausa de 5 minutos e recomeça, repetindo o processo quantas vezes forem necessárias.

E por fim, a metodologia Dowing ajudará cada um a definir seus objetivos, traçar metas e identificar prioridades. O ciclo contínuo existente no aplicativo auxilia a pessoa no autodesenvolvimento, para que chegue mais perto dos seus objetivos, sendo capaz de gerenciar seu tempo de forma satisfatória, através do app.

Outras dicas e conteúdos sobre produtividade e desenvolvimento pessoal e profissional, podem ser acompanhados pelas redes sociais do Dowing.

 

Instagram: @dowingapp

facebook.com/Dowingapp

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: