Novo espetáculo baseado na obra de Augusto Cury chega a Porto Alegre no domingo, 22 de maio

Novo espetáculo baseado na obra de Augusto Cury chega a Porto Alegre no domingo, 22 de maio

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O Homem Mais Inteligente da História tem única sessão no Teatro do Sesi 

Chega a Porto Alegre no domingo, 22 de maio, às 19h, o espetáculo O Homem Mais Inteligente da História, baseado no consagrado romance sócio-emocional de Augusto Cury, com direção de Cristiane Natale. A sessão, uma estreia da  montagem na cidade, ocorre no Teatro do Sesi.  Considerada por Cury uma das obras vitais de sua carreira, o livro foi adaptado para o teatro em 2021, reafirmando a parceria do autor com a diretora, que também assina a montagem de O Vendedor de Sonhos.

 

Considerado o psiquiatra mais lido do mundo nas últimas duas décadas, com 35 milhões de livros em mais de 60 países, Augusto Cury lançou O Homem Mais Inteligente da História em 2016, após 15 anos de estudos e pesquisas sobre gestão da emoção. A adaptação do romance para os palcos é assinada pelo próprio escritor ao lado de Cristiane Natale, que também é responsável pela direção do novo espetáculo.

 

“Me senti desafiada a contar essa história fantástica. A tarefa mais difícil foi escolher dentre tantas vertentes o que colocar em cena, pois o livro possui muitas situações extremamente envolventes. O resultado é uma montagem que promete muitas emoções aos espectadores”, afirma a encenadora.

 

A obra conta a trajetória do cientista Marco Polo, um ateu especialista no funcionamento da mente, que acaba desafiado em uma reunião da ONU a estudar a inteligência de Jesus, o homem mais famoso da história. “Jesus foi (e ainda é) o maior especialista no território da emoção. O homem, mestre da sensibilidade, que demonstrou doçura e que enxergou nitidamente além das profundezas da nossa delicada condição humana. Soube lidar com a dor, não se abatia”, explica Cury.

 

Quem dá vida ao protagonista na peça é o ator Daniel Satti, que participa dessa montagem ao lado de Francis Helena Cozta, Renan Rezende, Murilo Inforsato, Priscila Dieminger e Pietro Alonso. Além de abordar os principais aspectos da gestão da emoção, o espetáculo também fala sobre autocontrole, criatividade, solidariedade e amor, e ainda trata com sensibilidade temas polêmicos como depressão e violência contra a mulher.

 

A parceria entre a diretora Cristiane Natale e Cury dá continuidade à transposição da obra do escritor para os palcos, já que eles também são responsáveis pela adaptação de O Vendedor de Sonhos, espetáculo que foi lançado em 2018 marcando a estreia da obra de Cury no teatro e hoje já acumula 120 mil espectadores em mais de 180 apresentações realizadas de norte a sul do país e no exterior.

 

A estreia de O Homem Mais Inteligente da História reforça a parceria com o empresário gaúcho Luciano Cardoso, fundador da Applaus, que é responsável pela montagem e produção executiva das turnês das peças do escritor. O produtor também responde como CEO da Dreamsellers, produtora do próprio escritor recentemente criada para a transposição de sua obra literária para teatro, cinema e seriados.

 

Os ingressos, à venda pela plataforma Sympla https://bileto.sympla.com.br/event/73065/d/137146/s/874533, custam entre R$ 40,00 e R$ 120,00 no primeiro lote. Em Porto Alegre, o projeto conta com apoio de Sesi 25 anos e  Rede Laghetto Hoteis.

 

Sinopse

Quando o renomado psiquiatra Marco Polo vai a Jerusalém participar de uma reunião na ONU, ele é desafiado a estudar a mente do homem mais famoso da história: Jesus. Marco Polo, um dos maiores ateus da atualidade, se recusa, alegando não discutir religião, mas é instigado por uma plateia de intelectuais a realizar essa empreitada. Depois de muita resistência, ele aceita o desafio. É, então, montada uma mesa-redonda, composta por brilhantes profissionais para analisar a mente de Jesus sob os ângulos da ciência e não da religião. A partir disso, o personagem começa uma jornada épica para saber se Jesus era um mestre em ter autocontrole, gerir sua emoção, trabalhar perdas e frustrações, libertar sua criatividade e formar pensadores. Ao estudar a mente de Jesus, Marco Polo surpreende os demais participantes da pesquisa que esperavam encontrar um homem comum, sem grandes habilidades intelectuais, mas que ficam admirados diante do inexplicável.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: