Assim mezo a mezo

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Foi a rodada inicial do Brasileiro Série A, um meio a meio.

O empate do Grêmio foi bom contra o Corinthians, mas no BRIO o empate com a Chapecoense foi ruim.

Por isso como dizem os italianos: mezo a mezo.

O campeonato tem uma característica. Até a decima rodada somar pontos, engordar para poder perder adiante. Aliás, a Chapecoense ganhou pontos, o Inter perdeu. Ganhar da Chapecoense era obrigação. Perder para o Corinthians não era. Poderia perder.

Por isso o meio a meio, que até podia ser inteiro por meio.

O Corinthians pressionou no final. Normal, a pressão do dono de casa.

Vender, vender !

Espera o torcedor do INTER que Alysson seja a ultima venda até o final do campeonato. É um clube vendedor. Por isso Rodrigo e Sasha correm perigo de serem negociados. Quando Carvalho disse:” tem que vender um por ano.”

Não era bem assim. Acho que tem que economizar, inclusive nas comissões.

Mais espanhol

Essa é a língua que o Grêmio insiste em ter. Mas, todos que aqui estiveram falando espanhol, ou portunhol, não jogaram nada. Nos tempos de Rui Costa, era comum. Agora quero ver o tal “ESPANHOL” que vem aí..

Guerra, não é paz

O novo vice de futebol do Grêmio é diferente. Tem experiência de time vencedor, mas vai cobrar em campo. Confio muito nisso e nele.

ECOMIA, ECONOMIA

A dupla GRE-NAL não pode gastar, mas sem contratar não tem time pra chegar. Se não chegar vai mais um ano festejando Gauchão.

PAULÃO ???

Foi de responsabilidade do jogador com maior personalidade a execução do pênalti. O goleiro foi bem na bola.O pênalti foi bem batido, no canto, mas faltou força e poderia ser em cima.

Brasil de B e da B

Começou melhor entre os gauchos o Brasil do B e da B, venceu em casa, o Paraná Clube por 2 a zero. O Brasil ficará bem entre os 16, mas se vier mais vai ser lucro.

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: