Quando a motivação e a desmotivação afetam a vida e a carreira dos profissionais? | Por Monica Rizzatti

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

O tema “motivação” e ” desmotivação” tem duas faces de uma mesma moeda. Normalmente quando estamos prestes a tirar férias do trabalho, nossa energia está em alta e se concentra nos assuntos relacionados a viagem que faremos, as pessoas e amigos que vamos reencontrar, aos lugares que conheceremos ou na família que reencontraremos. Da mesma forma, a motivação é visível quando o funcionário é admitido em uma organização. No início está empolgado em conhecer pessoas, atividades a aprender e se desenvolver e depois de algum tempo, vai perdendo esta motivação. Por que isso acontece?

A capacidade de se auto motivar é uma das mais desejadas habilidades humanas. Uma pessoa que consegue encontrar a motivação dentro de si mesma rompe barreiras. Ela não depende de ninguém para lhe dar um incentivo, não espera que as condições da vida sejam favoráveis, não deposita sua confiança no governo para que ela possa tomar uma atitude na vida. Ela simplesmente possui uma força “misteriosa” que lhe impulsiona para frente.

A auto motivação é a única verdadeira forma de motivação. Qualquer outra forma de se motivar através de uma fonte externa, eu percebo como artificial. A motivação simplesmente se perde quando esse incentivo é retirado. Por isto cito acima o retorno das férias, já fazendo um link com a desmotivação após uma semana de trabalho.

Pessoas bem sucedidas, tais como empreendedores, acadêmicos, esportistas, artistas, escritores, possuem essa energia dentro de si e esse é com certeza um dos elementos do seu sucesso. A auto motivação nasce naturalmente, ela não é buscada nem encontrada, ela é o resultado inevitável de uma vontade.

Quando uma pessoa é auto motivada, passa a ver as situações de formas positivas, em vez de desenvolver expectativas cria possibilidades, em vez de utilizar o tempo justificando um novo problema, potencializa o tempo apresentando uma nova oportunidade, em vez de apontar culpados pelos fracassos, demonstra interesse em treinar novos vencedores.

Ser auto motivado é ir além. É não precisar viver sendo empurrado e incentivado. É lutar por tudo o que acredita, pelo desenvolvimento humano e pessoal, pelas realizações pessoais, pela conquista ética de seus objetivos. É ter a energia inesgotável em seu coração, em sua alma e utilizar a mesma para aquecer e gerar energia em todas as pessoas a sua volta, fazendo que todos vejam outros caminhos a se seguir.

Acredito que assim devemos seguir nossa vida, em meio a tantos desempregos, em meio a tantas forças negativas rodeando nossas vidas diariamente, acreditar que somos e podemos mais é a melhor forma de viver esperando sempre melhores resultados.

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: