Sob a regência do maestro titular da orquestra, Evandro Matté, músicos apresentam dois últimos concertos do ano

Sob a regência do maestro titular da orquestra, Evandro Matté, músicos apresentam dois últimos concertos do ano

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Nos dias 18 e 20 de dezembro, repertório eclético é destaque com solos da soprano Helena Losada. A entrada é franca

Para cumprir a missão de estar presente em todo o Rio Grande do Sul, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) encerra a Temporada 2019 com evento duplo no Estado pela Série Interior. No dia 18 de dezembro (quarta-feira, 20h), Venâncio Aires integra a programação da OSPA na Igreja Matriz São Sebastião Mártir e no dia 20 de dezembro (sexta-feira, 19h), a orquestra sobe ao palco da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus. O maestro Evandro Matté, diretor artístico da sinfônica, conduz o repertório dedicado ao gênero operístico, à música latino-americana e a peças natalinas com solos da soprano Helena Losada.  As apresentações têm entrada franca.

O SESC é o realizador oficial da Série Interior 2019. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) é a patrocinadora dos concertos junto à Fundação Cultural Pablo Komlós.

Sobre o Programa


A tradição operística inicia o programa com a abertura de “Nabucco”, excerto da ópera de Giuseppe Verdi (1813-1901). Na sequência, a obra de Charles Gounod (1818-1893) ganha destaque. Reconhecido pela tradição operística, os músicos evocam o lado instrumental do compositor com “Romeu e Julieta”. Nela, os trechos revelam o grande sinfonista que teria sido se não houvesse predileção ao gênero dramático.

 

Dando continuidade ao concerto, a sinfônica executa a obra ”Vozes da Primavera”, do compositor Johann Strauss II (1825-1899).

 

O nacionalista Mozart Camargo Guarnieri (1907-1993), aliado do literato Mário Andrade, é rememorado com ‘‘Danças Brasileiras’. A obra é elaborada a partir de lembranças da infância e de músicas que celebravam a abolição da escravatura.

 

São interpretadas, ainda, ‘‘Meine Lippen’’, da ópera Giuditta de Franz Lehár (1870-1948), e Dança Ritual do Fogo”, de Manuel de Falla (1876-1946). O compositor Johann Sebastian Bach (1685-1750) integra o programa com duas obras: “Aria” e “Ave Maria”, peça composta juntamente com o compositor Charles Gounod (1818-1893).

 

A OSPA encerra a passagem por 2019 com José de Assis Valente (1911-1958), ilustrador e compositor brasileiro, revisitado pelos músicos com “Boas Festas”. Considerado pioneiro na música popular do Brasil, é reconhecido por criar composições típicas de festejos juninos e natalinos.

Evandro Matté (regente)

É diretor artístico e maestro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e do Festival Internacional SESC de Música, sediado em Pelotas. Realizou sua formação musical na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na University of Georgia (Estados Unidos) e no Conservatoire de Bordeaux (França).  Atraído pela regência, passou a atuar desde 2006 como maestro em festivais. Desde então, esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa, Croácia, Alemanha, Itália, Colômbia e Estados Unidos como convidado. Em 2019, foi condecorado pelo Ministério da Cultura da França pelo desenvolvimento das artes em seu domínio artístico.

Helena Losada (soprano – BRA)

Estudante de Canto da UFRGS, começou os estudos musicais através do piano, aos 7 anos, tendo gravado o primeiro disco infantil no ano seguinte. Iniciou-se no canto lírico em 2016, quando foi selecionada para integrar o Coro Sinfônico da OSPA, com o qual se apresentou como solista e corista. Integrou os cantores da ópera Don Giovanni, de Mozart, e interpretou a personagem Lauretta na ópera Il Maestro di Musica, de Pergolesi. Em 2019, aos 20 anos, obteve o segundo lugar no Concurso Internacional de Canto Maria Callas.

A OSPA é uma das fundações vinculadas à Secretaria da Cultura do Governo do Rio Grande do Sul (Sedac/RS). Os concertos da Série Interior são realizados pelo SESC e patrocinados pela Corsan e pela Fundação Cultural Pablo Komlós. Os concertos da temporada 2019 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura (LIC), por Panvel, CMPC, Corsan, Banrisul, Grupo Zaffari e Fraport. Apoio: Ipiranga, Dufrio, Audio Porto, Grupo Renner e Thyssenkrup. A realização é de OSPA, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedac.

 

 

Concerto da OSPA encerramento Temporada Artística  – Série Interior 2019

Quando: 18 e 20 de dezembro de 2019, quarta-feira, às 20h e sexta-feira às 19h

Local: 18/12 Igreja Matriz São Sebastião Mártir (Tv. São Sebastião Mártir, s/n – Centro, Venâncio Aires

20/12 Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus (Rua Rui Barbosa, 96 – Centro, Farroupilha)

 

PROGRAMA

Giuseppe Verdi – Abertura da Ópera Nabuco
Charles Gounod – 
Romeu e Julieta: “Je veux vivre”
Johann Strauss II 
– Vozes da Primavera
Mozart Camargo Guarnieri
 – Danças Brasileiras No.1
Franz Lehár: Ópera Giuditta – 
“Meine Lippen”
Manuel de Falla – 
Dança Ritual do Fogo
Johann Sebastian Bach – Aria
J. S. Bach / C. Gounod – 
Ave Maria
Assis Valente, arranjo Alexandre Ostrovski – 
Boas Festas!
BIS: canção natalina, arr. Alexandre ostrovski –
 Adeste Fideles

Regente: Evandro Matté (Brasil)
Solista: Helena Losada (soprano – BRA)

Posts Relacionados

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: