Griebeler lança serviço de gestão de crise financeira

Griebeler lança serviço de gestão de crise financeira

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Novidade inclui consultoria em administração financeira e adequação de caixas, incluindo renegociações necessárias, para pessoas físicas e jurídicas

 

No atual momento, em que a pandemia do novo coronavírus tem afetado diretamente a economia no mundo todo, é preciso organizar o caixa e adquirir uma previsibilidade financeira. Atuando há 14 anos no mercado, a Consultoria Griebeler oferece um novo serviço de consultoria para administração financeira e adequação de caixas às novas necessidades, para pessoas físicas e jurídicas, que inclui renegociações necessárias.

 

Com experiência em gestão de crise e uma cartela de clientes que inclui Companhia Iochpe, Iochpe Maxion S.A., Grupo Paquetá e Finipar, a diretora da empresa, Fernanda B. Griebeler, explica como tem atuado: “Na atual situação, buscamos pensar com o cliente novas estratégias e negociações para diminuir ao máximo o impacto financeiro da pandemia. Além disso, estamos estudando a possibilidade de ampliar nosso atendimento para mais pessoas, dividindo nosso conhecimento para que possam enfrentar este momento através de plataformas alternativas e com investimentos mais acessíveis”.

 

Sobre a Griebeler

A Griebeler atua na administração financeira pessoal e jurídica de forma terceirizada, sempre adequando as necessidades do cliente às melhores estratégias. Essa gestão de todas as demandas oferece organização e previsibilidade financeira e gera um custo menor para o cliente, que não precisa contratar vários funcionários para suprir as áreas.“A Griebeler foi criada pelo meu pai em 2006 e no ano posterior eu comecei a prestar alguns trabalhos pontuais, sob demanda. No final de 2008, meu pai se afastou, temporariamente, por motivos de saúde, e eu assumi durante o período. Quando ele retornou, segui atendendo alguns clientes em espólios, fluxos futuros e demandas de cálculos. De maneira orgânica, fui absorvendo mais funções a cada dia e atualmente, comando a empresa”, conta Fernanda.

 

Com o passar do tempo, o mercado trouxe a demanda de gerenciamento de espólios e a função de inventariante. Com isso, a Griebeler identificou a necessidade da realização de projetos de sucessão pessoal, com organização dos fluxos financeiros e hereditários, diminuindo os conflitos futuros e garantindo que a vontade do cliente prevalecerá, mesmo depois do seu falecimento, incluindo todas as negociações entre os favorecidos, execução do formal de partilha, manutenção do espólio e suas obrigações.

 

Entre outros serviços, a Griebeler administra empresas inativas em todos os setores de suas obrigações, desenvolvendo a liquidação das mesmas e a manutenção das obrigações permanecentes, incluindo as financeiras, fiscais e de recursos humanos. Também atua com exportação de carga valor, desde a regularização da empresa para atuação, acompanhamento das remessas e terceirização do departamento. Além disso, a empresa realiza projeto e acompanhamento financeiro em divórcios, litígios e quebra societária e desenvolve projetos de recuperação financeira para pessoas físicas e jurídicas, com acompanhamento mensal da implantação. A Griebeler também atende de forma remota e conta com clientes em Nova York (EUA), São Paulo, Rio de Janeiro e interior do estado do Rio Grande do Sul.

 

Sobre Fernanda B. Griebeler

 

Formada em Administração de Empresas (ESPM-SP) e Economia (FGV) e com MBA em Sucessão Patrimonial, Fernanda B. Griebeler está à frente da Consultoria Griebeler desde 2018, empresa familiar criada pelo seu pai, em que ela já atuava desde 2008. A empresária tem extensa trajetória pelo mercado financeiro, bancos e experiência em câmbio e mercado exterior. Foi controladora financeira e coordenadora de projetos no HSBC e Analista de Operações Internacionais de PJ no Banco Itaú. Em paralelo a Griebeler, também atua como CEO do Grupo Fouet, no segmento da gastronomia.

Posts Relacionados

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: