RS Moda realiza edição inovadora no mês de agosto em Porto Alegre

RS Moda realiza edição inovadora no mês de agosto em Porto Alegre

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Expectativa é de dobrar os negócios para a próxima estação chegando à R$ 2,5 milhões em 2 dias de evento, aponta o SIVERGS

O evento de negócios e tendências da moda no Rio Grande do Sul terá uma edição inovadora no próximo mês.  O RS MODA – Edição Verão 2023, que ocorrerá nos dias 1º e 02 de agosto, no Espaço Mercado da Moda (Rua Santo Antônio, nº 01, Centro Histórico de Porto Alegre RS), terá um formato inédito no Brasil. Serão dois dias de Pronta Entrega da Coleção Inverno 22, Lançamento das Coleções de Verão 2023 e com bate-papo sobre moda e tendências.  Para o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Rio Grande do Sul (SIVERGS), organizador da iniciativa, os números do setor estão aquecidos e se mantendo estáveis, dando uma expectativa de negócios de aproximadamente R$ 2,5 milhões.

Trata-se do único evento de Moda exclusivamente com indústrias gaúchas valorizando o que é produzido aqui no Rio Grande do Sul, e destinando a Comercialização para o Estado, ampliando a economia local e reforçando a identidade do Projeto Feito no RS, do SIVERGS, com sustentabilidade para as empresas do estado”, diz Julianna Fraccaro, diretora do SIVERGS. No primeiro piso, as indústrias estarão comercializando a pronta entrega da coleção deste inverno, com o objetivo de liquidar os estoques. No segundo piso, estará sendo comercializada a coleção do próximo verão. O RS Moda contará com um lounge onde ocorrerão bate-papos sobre o mercado de moda e suas tendências para o verão 2023.

Para esta edição, mais de 20 empresas gaúchas, em sua maioria micro, pequenas e MEIs, estão se credenciando para expor suas coleções. São esperadas cerca de duas mil pessoas, vindas das indústrias, comércio varejista, representantes comerciais, professores, alunos de Moda e demais envolvidos com o setor. Inscrições pelo site: www.sivergs.org.br.

Segundo Dóris Spohr, diretora do SIVERGS e idealizadora da iniciativa, que teve sua primeira edição em julho de 2017, a produção do vestuário no Rio Grande do Sul tem muitos diferenciais, como a confecção de produtos de extrema qualidade e inovação. Dóris reforça que é preciso dialogar para saber que um fabricante de um município aqui pode ajudar o comércio varejista de outra região crescer.

COLETA DE RESÍDUOS

No evento, o público participante poderá ver a destinação dos resíduos de produção (plástico, papelão e, claro as fibras) das indústrias têxteis do Rio Grande do Sul associadas ao SIVERGS. A iniciativa veio contribuir para que as empresas do setor cumpram a Lei nº 12.305/2010 – referente à Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Por meio de parceria com uma empresa especializada e licenciada junto à Fepam, os associados contam com a coleta, transporte, tratamento, separação, reaproveitamento e destinação final dos resíduos têxteis. As indústrias precisam assinar um simples convênio – com regras já definidas pelo SIVERGS junto à coletora. A partir daí, basta um e-mail ou telefone solicitando o agendamento da coleta no próprio endereço da fabricante. O serviço é 100% gratuito”, explica o presidente do SIVERGS, Silvio Colombo.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: