Mulheres negras representam 40% das pessoas promovidas pela Arcos Dorados em 2022 no Brasil 

Mulheres negras representam 40% das pessoas promovidas pela Arcos Dorados em 2022 no Brasil 

Facebook Twitter Google+ LinkedIn WhatsApp

Evolução dos dados em celebração ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

 

 

Nos primeiros meses de 2022, a Arcos Dorados, franquia que opera o McDonald’s na América Latina e Caribe, teve 40% das oportunidades de promoção conquistadas por mulheres negras. Esse número, que representa a soma do total de promoções nos escritórios e nos restaurantes do Brasil, demonstra a consistência e evolução no desenvolvimento dessas profissionais na empresa, visto que em 2021 sua parcela foi de 37% do total de promoções. Os dados foram anunciados em comemoração ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebrado em 25 de julho.

 

Além disso, quando olhamos apenas para 2021, as mulheres negras representaram 30% das pessoas promovidas a cargos de liderança no Brasil, considerando funcionárias da companhia e gerência dos restaurantes, o que representa 25% das posições totais de liderança no mesmo período. Estes dados refletem atitudes que são intrínsecas à rotina de recrutamento e seleção da companhia, com foco no talento e o compromisso de gerar oportunidade para todas as pessoas, além dos treinamentos e capacitações que as permitem desenvolver suas carreiras. A configuração dos processos de promoção interna também gera um impacto, já que são abertos à candidatura de todas as pessoas, acontece de maneira transparente e espelha o foco nas habilidades necessárias para cada função, de modo que todas as pessoas possam desenvolver-se e ocupar a posição que desejam.

 

Jozilma Lima dos Santos, 38, é um exemplo de jornada que começa com a conquista do primeiro emprego no McDonald’s, como atendente, e se desenvolve profissionalmente dentro da companhia a partir de treinamentos e capacitações. “Estar na posição de liderança que tenho hoje, sendo mulher negra, é muito gratificante. A gente passa a ser referência para outros funcionários”, conta. Representando as mulheres negras promovidas nos últimos 18 meses e líder de um time com mais de 300 funcionários, Jozilma recebeu a promoção ao cargo de Consultora de Operações, no fim de 2021. “A gente vê que a questão da equidade ainda é um fator agravante na sociedade. As oportunidades se tornam mais difíceis. Mas na empresa há o incentivo para crescer. Com cursos, treinamentos e benefícios. A empresa valoriza bastante isso”, comenta Jozilma.

 

Acreditar e apostar na promoção de um ambiente de trabalho seguro, inclusivo e respeitoso e em uma sociedade com igualdade de oportunidades, é uma das premissas da companhia. Por isso, a Arcos Dorados possui uma série de ações que valorizam as diferenças e promovem a equidade, como é o caso do Comitê de Diversidade e Inclusão, chamado Somos, implementado em toda a América Latina em 2018 e cujo propósito é conscientizar os funcionários sobre o respeito às individualidades. No Brasil, a equidade racial é uma prioridade transversal em todos os eixos trabalhados pelo Comitê, que passa, ainda, pelos pilares de gênero, gerações, pessoas com deficiência e diversidade sexual.

 

“Atualmente contamos com cerca de 50 mil colaboradores e sabemos de nossa responsabilidade em promover um ambiente de trabalho seguro, diverso, respeitoso e inclusivo em todos nossos restaurantes e escritórios, além de oferecer a igualdade de oportunidades para todos. A Equidade Racial e de Gênero é uma de nossas prioridades, por isso temos uma atuação cada vez mais direcionada para o incentivo ao desenvolvimento de carreiras e a presença de mulheres em cargos de liderança” comenta Fábio Sant’Anna, Diretor de Gente, Diversidade e Inclusão da Arcos Dorados no Brasil.

 

Entre as ações internas relacionadas ao eixo racial, está a realização de treinamentos aos funcionários e distribuição de uma cartilha abordando pontos como combate ao racismo, termos de linguagem inadequados, dicas de como agir de maneira mais consciente e inclusiva entre outros assuntos e dados. As ações de conduta e ética também contribuem para a formação de um ambiente seguro, respeitoso e inclusivo. Além disso, a companhia também é parceira do MOVER, Movimento Pela Equidade Racial, e busca contribuir com a promoção de oportunidades de liderança para pessoas negras em todo o mercado de trabalho.

 

“O Mover representa o esforço conjunto e colaborativo de 47 empresas para que o ambiente corporativo seja mais plural e inclusivo, valorize a presença e o talento de mulheres e homens negros em suas equipes e amplie cada vez mais seus espaços nas esferas de tomada de decisão. Um de nossos principais objetivos é ter mais 10 mil posições de lideranças ocupadas por profissionais negros nas empresas associadas até 2030. Outra meta é gerar 3 milhões de oportunidades fora das empresas para pessoas negras, na forma de empregos, bolsas de estudo e programas de mentoria. Assumimos o compromisso público de sermos agentes de mudança e contribuir para o combate ao racismo estrutural no país. Já conseguimos juntos avanços significativos, mas ainda tempos um longo caminho pela frente”, afirma o diretor-executivo do MOVER, Carlos Domingues.

 

Para saber mais sobre as iniciativas ESG da Arcos Dorados, acesse o site da Receita do Futuro.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: