Socorro: precisamos de líderes de verdade nas organizações

Já se disse, por muitas vezes, que o Brasil vive diversas tipos de crise: econômica, política, ética e assim por diante. Quando vou para o campo das empresas, sinto que a maior crise, aquela que tem impedido o crescimento de organizações é a crise de liderança.

Vamos entender por liderança aquela capacidade que uma pessoa, em determinada área, tenha de fazer as pessoas que trabalham ao seu lado entregarem o seu melhor, usarem toda a sua competência a serviço do local aonde trabalham. Segundo pesquisa recente do Gallup, 78% dos trabalhadores brasileiros admitem que não dão o seu melhor. Para mim, a pesquisa está absolutamente correta quando relaciona minha experiência capacitando líderes no Brasil e afirmo: mais de 80% das pessoas em cargo de comando não passam de chefes e menos de 20% são verdadeiros líderes.

Simplificando para o nosso leitor, chefe é aquele que obedeço porque ele tem a hierarquia e o poder concedido pela empresa, mas que em quase nada admiro. Líder é aquele que sigo, que me inspira com seu exemplo, que respeita cada pessoa, que sabe elogiar com frequência e criticar de forma respeitosa, uma pessoa que tenho prazer em trabalhar ao lado dele porque ele me ensina a ser melhor.

Por que isso acontece? É simples: mais de 90% das pessoas em posição de comando nas organizações eram pessoas que tinham alta competência técnica e por saberem como fazer o trabalho foram guindadas a uma posição mais alta. Contudo, nunca foram preparadas para liderar, nunca desenvolveram seu potencial para usar o talento humano ou simplesmente entender de gente.

Em um mundo de hipercompetição, só sobreviverão empresas que capacitarem suas pessoas que hoje estão em posição de chefia. Transformar um chefe em um líder não é uma missão impossível, tenho feito isso ao longo dos últimos 20 anos e o resultado tem sido extraordinário: incremento de vendas, aumento da rentabilidade, diminuição da rotação de pessoas, incremento de produtividade e significativa evolução no nível de satisfação das pessoas.

Quando me perguntam por onde começar a treinar uma equipe, não tenho dúvida: é importante treinar a todos, mas comece sempre capacitando líderes, eles serão a base, o alicerce do crescimento de sua empresa.

Eduardo Tevah (eduardotevah.com.br) é um dos mais reconhecidos palestrantes e consultores do Brasil.

Related Posts

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: